Slide # 1

ATÉ HOJE, OS BELO-JARDINENSES JÁ PAGARAM MAIS DE 6 MI EM IMPOSTOS E A CIDADE ESTÁ AFUNDANDO

Nessa madrugada de 20 de abril, em apenas 110 dias passados do ano, o belo-jardinense já pagou mais de R$ 6 milhões de reais em impostos... Mais informações »

Slide # 2

TV JORNAL FAZ MATÉRIA EM BELO JARDIM, SOBRE A MORTE DA GAROTA MARIA EDUARDA POR NEGLIGÊNCIA DO HOSPITAL , ASSISTA

No último sábado (14), a pequena Maria Eduarda faleceu por negligência do Hospital Júlio Alves de Lira. A garota deu entrada na unidade hospitalar quatro vezes... Mais informações »

Slide # 3

EX-VENDEDOR DE PICOLÉ REALIZA SONHO DE SER POLICIAL MILITAR

Depois da aula de encerramento do Curso de Formação e Habilitação de Praça (CFHP), o soldado Martins, 26 anos, postou em sua rede social uma foto que remetia sua história... Mais informações »

Slide # 4

TRF-4 NEGA RECURSO E MANDA PRENDER JOSÉ DIRCEU

Ex-ministro foi condenado por corrupção passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro... Mais informações »

Slide # 5

A CONDENAÇÃO DE INELEGIBILIDADE DE HÉLIO DOS TERRENOS POR OITO ANOS, FOI DESTAQUE NA MÍDIA ESTADUAL, CONFIRA

A noite de ontem não foi nada bem para o prefeito Hélio dos Terrenos. Depois de amargar na cidade e na internet, a notícia de sua condenação a inelegibilidade... Mais informações »

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014


Com previsão para início das obras no mês de dezembro, a transformação da via em alameda destinada a pedestres e veículos não-motorizados só deve sair no próximo ano.

A transformação definitiva da Avenida Rio Branco, no Bairro do Recife, em uma alameda para pedestres e veículos não-motorizados, como as bikes, foi adiada para 2015. O Passeio Rio Branco, iniciativa concebida pela prefeitura, deveria ter sido entregue ao público neste mês de dezembro, conforme foi anunciado em fevereiro passado pela gestão municipal. Mas ainda não há sequer projeto executivo para a via, que permanece interditada para o tráfego de carros.

A justificativa da Secretaria de Desenvolvimento e Planejamento Urbano, à frente da ideia, é de que “o cronograma para execução do Passeio Rio Branco sofreu ajustes por causa da reprogramação orçamentária realizada neste ano na Prefeitura do Recife”.

A expectativa é de que nos primeiros meses de 2015 seja contratada a empresa que fará o projeto executivo da alameda e a própria obra. Enquanto isso não acontece, a avenida tem sido usada do jeito que dá pela população e pela própria prefeitura, que resolveu, neste ano, deslocar a árvore de Natal da cidade do Cais da Alfândega e instalar na rua.

Os ciclistas que procuram a rua à noite reclamam da iluminação precária e dos buracos no asfalto. A instalação de postes estava entre as mudanças anunciadas para a via, que também deveria ter ganhado quiosques padronizados, bancos públicos, espaços de convivência com a vegetação e nova arborização. O projeto também incluía a restauração das calçadas atuais, o embutimento da fiação elétrica e a estrutura para o comércio, como bares com local apropriado para mesas e cadeiras sem que elas mimpeçam a passagem dos pedestres na área.

Utilização

Sem muita informação a respeito de quando as obras ficarão prontas, os poucos comerciantes da avenida também usam a área como imaginam que vai ser após a intervenção. O gerente de uma das lanchonetes da via (nome preservado) informou que o estabelecimento tem autorização da Diretoria de Controle Urbano (Dircon) para colocar mesas nas calçadas.

Outro gerente, que também não quis se identificar, disse que “o comentário no Bairro do Recife é de que as obras começam após o Carnaval (de 2015), mas ninguém tem certeza de nada”. O proprietário de um terceiro comércio - esse localizado na Rua da Guia, uma das transversais da Avenida Rio Branco - afirmou não acreditar muito que de fato o projeto saia do papel, comentando que não concorda com a interdição.

“Acho que seria mais lógico deixar essa via livre, já que é uma principal, e fechar as ruas menores, porque está causando muitos engarrafamentos”, comentou o comerciante da área.

Saiba mais

O que previa o projeto anunciado em fevereiro:
Instalação de postes
Quiosques padronizados
Bancos públicos
Espaços de convivência com a vegetação
Nova arborização
Restauração das calçadas
Embutimento da fiação elétrica
Estrutura para o comércio

O que tem em dezembro deste ano na Avenida Rio Branco:
Árvore de Natal do Recife
Iluminações decorativas em forma de constelações
Parklets (pequenas áreas de estar) 
Tablado para apresentações

Com informações do Diário de Pernambuco

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

O nosso Blog agradece a sua participação, mas não se responsabiliza por qualquer comentário dos participantes. Todos os comentários serão moderados antes de aparecerem nas postagens. Use o bom senso.

Comente a postagem acima.