Slide # 1

ATÉ HOJE, OS BELO-JARDINENSES JÁ PAGARAM MAIS DE 6 MI EM IMPOSTOS E A CIDADE ESTÁ AFUNDANDO

Nessa madrugada de 20 de abril, em apenas 110 dias passados do ano, o belo-jardinense já pagou mais de R$ 6 milhões de reais em impostos... Mais informações »

Slide # 2

TV JORNAL FAZ MATÉRIA EM BELO JARDIM, SOBRE A MORTE DA GAROTA MARIA EDUARDA POR NEGLIGÊNCIA DO HOSPITAL , ASSISTA

No último sábado (14), a pequena Maria Eduarda faleceu por negligência do Hospital Júlio Alves de Lira. A garota deu entrada na unidade hospitalar quatro vezes... Mais informações »

Slide # 3

EX-VENDEDOR DE PICOLÉ REALIZA SONHO DE SER POLICIAL MILITAR

Depois da aula de encerramento do Curso de Formação e Habilitação de Praça (CFHP), o soldado Martins, 26 anos, postou em sua rede social uma foto que remetia sua história... Mais informações »

Slide # 4

TRF-4 NEGA RECURSO E MANDA PRENDER JOSÉ DIRCEU

Ex-ministro foi condenado por corrupção passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro... Mais informações »

Slide # 5

A CONDENAÇÃO DE INELEGIBILIDADE DE HÉLIO DOS TERRENOS POR OITO ANOS, FOI DESTAQUE NA MÍDIA ESTADUAL, CONFIRA

A noite de ontem não foi nada bem para o prefeito Hélio dos Terrenos. Depois de amargar na cidade e na internet, a notícia de sua condenação a inelegibilidade... Mais informações »

sábado, 29 de novembro de 2014


Se você quer ficar atento(a) a algumas dicas, mitos e verdades em relação à sua pele e o verão, leia esta postagem e se prepare bem para a estação do sol 2014/2015:

MITO: É mito achar que tomar sol entre 7h e 10h da manhã é saudável. O sol nesse horário do dia tem muita radiação ultravioleta A - UVA, que não queima a pele, deixando-a imediatamente vermelha, mas confere um bronzeamento lento e gradual. No entanto os raios UVA são os mais envolvidos com o envelhecimento da pele e com os cânceres de pele, em especial, o melanoma.

VERDADE: O uso de protetores solares de alto fator de proteção (FPS 60, 90 ou 100) é o mais indicado para serem usados no rosto quando estamos expostos a um sol de lazer (praia ou piscina) ou mesmo para aquelas pessoas portadoras de manchas como o melasma. Quando colocamos o protetor solar, devido à menor quantidade aplicada, em média perdemos 1/3 a metade do FPS do rótulo do produto. Por isso, vale a pena usar um FPS maior do que 30 em várias situações da nossa vida.

MITO: É mito afirmar que precisamos tomar sol para repormos o nosso estoque de Vitamina D. A principal fonte dessa importante vitamina é realmente o sol, que propicia a conversão dela na sua forma ativa na nossa pele. No entanto não bastam 10 minutos de sol como se preconizava no passado. É preciso tomar sol até que a pele fique avermelhada para que possamos estocar essa vitamina no nosso organismo. Então, esse sol passa a se tornar lesivo para a pele tanto no quesito envelhecimento quanto com o desencadeamento de câncer. A melhor opção, nesse caso então, é tomar gotas, cápsulas ou gomas de Vitamina D diária ou semanalmente.

VERDADE: Usar perfume antes de se expor ao sol pode provocar manchas na sua pele, que muitas vezes serão de difícil tratamento. Não só o perfume pode manchar ou irritar a pele sob o sol como também a manipulação de frutas cítricas pode causar sérios problemas durante o verão. Fique bem longe de qualquer comida ou bebida que tenha limão quando você for se expuser ao sol. Isso evitará graves queimaduras e manchas na sua pele.

MITO: É mito acreditarmos que o sol melhora as espinhas e que os protetores solares as pioram. O que ocorre é que o sol, num primeiro momento, deixa a pele mais ressecada, o que nos dá a falsa impressão de que a acne melhorou. Entretanto, com o sol também existe um aumento da transpiração, da produção das glândulas sebáceas e um efeito imunossupressor - diminuindo as defesas da pele e, assim, propiciando uma maior proliferação de bactérias. Por isso, logo após a exposição ao sol, vem um efeito rebote, com piora acentuada da acne e com um maior número de cravos e de espinhas.

VERDADE: No verão é mais comum termos o aparecimento do herpes labial, que é caracterizado por aquelas vesículas que surgem na região dos lábios ou do nariz. Ele não é exatamente uma doença do verão, mas a exposição intensa da pele à radiação solar é uma das formas de gerar sua erupção, devido a imunossupressão que isso causa, havendo assim uma diminuição da função de barreira cutânea. O herpes, em geral, dura de 5 a 7 dias, mas é doloroso e bastante incômodo, inclusive do ponto de vista social. Portanto, use protetor solar labial ou batom com protetor solar pelo menos com FPS 15 ou mais todas as vezes que você for se expor ao sol.

Algumas ou várias dessas informações poderão lhes deixar aproveitar este verão de forma mais segura e saudável.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

O nosso Blog agradece a sua participação, mas não se responsabiliza por qualquer comentário dos participantes. Todos os comentários serão moderados antes de aparecerem nas postagens. Use o bom senso.

Comente a postagem acima.