Slide # 1

VOLTANDO COM CARGA TOTAL!

O projeto de reativar o blog surgiu a partir da necessidade de noticiar os fatos sem cunho sensacionalista e sem a exposição de ofensas que desmerecem e desrespeitam as pessoas. Mais informações »

Slide # 2

INSTAGRAM E WHATSAPP GANHAM INTERAÇÃO PARA COMPARTILHAR FOTOS

Hoje (24), o Instagram ganhou uma integração com o WhatsApp. Os aplicativos, ambos comprados pelo Facebook, agora vão trabalhar juntos no compartilhamento de fotos... Mais informações »

Slide # 3

PRECISAMOS EVOLUIR, PRECISAMOS PENSAR

O brasileiro (em sua maioria) é um ser que precisa urgentemente de vergonha na cara e aprender a respeitar Leis, limites e ser gente de verdade. Precisa encontrar Deus... Mais informações »

Slide # 4

POR R$ 0,20 CENTAVOS

Dois anos atrás, fizeram dezenas de protestos por causa do aumento de R$ 0,20 centavos na passagem de ônibus (e não adianta dizer que não foi só por isso, pois se... Mais informações »

Slide # 5

SE O TROCO FALTAR, É SEU DIREITO TER ARREDONDAMENTO DO VALOR PARA BAIXO

Se você andar em qualquer tipo de comércio, vai perceber a enorme quantidade de produtos que possuem um “valor fantasioso”, como R$1,99... Mais informações »

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Foto: Roberto Ramos/DP/D.A Press

Homem de 27 anos foi detido nesta segunda-feira e encaminhado à sede do Departamento de Homicídios, suspeito de envolvimento no assassinato de Dyelson Lima, vocalista da banda Patusco.

Osias Higino Tavares, 27 anos, foi ouvido pelo delegado responsável pelo caso, Felipe Monteiro, na sede do DHPP, na noite desta segunda. De acordo com Monteiro, Osias Higino esteve na cena do crime. No entanto, a polícia ainda não sabe se ele está envolvido diretamente na morte do cantor.

Monteiro afirmou que ele confessou ter tentado roubar o som do carro de Dyelson Lima, por isso suas impressões digitais poderiam ter ficado no veículo. Mas o delegado também disse que ainda não tem o laudo do Instituto Tavares Buril para provar que as marcas realmente pertencem a Osias Higino, nem há prazo para o resultado do exame sair.

Mesmo assim, o suspeito foi encaminhado ao Cotel. Ele foi autuado por tráfico e posse de acessórios de arma de uso restrito. Os policiais da Delegacia de Peixinhos, que efetuaram sua prisão, encontraram na casa dele, no bairro de Passarinho, no Recife, drogas e o carregador de uma metralhadora.

Osias Higino Tavares também é investigado por envolvimento em outras três mortes. A missa de sétimo dia de Dyelson Lima foi realizada às 19h desta segunda, na Igreja Santa Terezinha, em Olinda.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

O nosso Blog agradece a sua participação, mas não se responsabiliza por qualquer comentário dos participantes. Todos os comentários serão moderados antes de aparecerem nas postagens. Use o bom senso.

Comente a postagem acima.