Slide # 1

VALDEMIR CINTRA LEVA O PROJETO POESIA NAS ESCOLAS A SÃO BENTO DO UNA

O Projeto Poesia nas Escolas, terá sua edição, no Colégio de Referência José do Patrocínio Mota, na cidade de São Bento do Una, nesta sexta feira, dia 18 de maio... Mais informações »

Slide # 2

ESTUPRADOR DE BELO JARDIM É IDENTIFICADO E CONSIDERADO FORAGIDO PELA POLÍCIA

A Polícia Civil de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, divulgou a identidade do suspeito de estuprar duas jovens dentro do banheiro de um bar no município... Mais informações »

Slide # 3

EX-DIRETOR DE OBRAS ENVIA TEXTO CITANDO E COBRANDO RESPOSTAS DE HÉLIO DOS TERRENOS SOBRE AS OBRAS PARADAS EM BELO JARDIM

O ex-diretor de Obras da prefeitura de Belo Jardim, Ubirajara Carvalho (Bira), enviou para o blog, uma carta dirigida ao prefeito, Hélio dos Terrenos, onde cita... Mais informações »

Slide # 4

MUNICÍPIO DE BELO JARDIM PAGARÁ MULTA QUASE MILIONÁRIA EM RAZÃO DA INCOMPETÊNCIA DO PREFEITO HÉLIO DOS TERRENOS

Belo Jardim está desgovernado. A prefeitura de Belo Jardim deixará de investir até meio milhão de reais do dinheiro de nossos impostos, que seriam destinados...... Mais informações »

Slide # 5

JOÃO MENDONÇA FALA SOBRE O BOATO DE QUE ELE IRIA SE UNIR A HÉLIO DOS TERRENOS, LEIA

Diante dos últimos acontecimentos com o rompimento da aliança Cintra Galvão/Hélio dos Terrenos, e as demissões dos indicados pelo grupo Galvão... Mais informações »

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Foto: Roberto Ramos/DP/D.A Press

Homem de 27 anos foi detido nesta segunda-feira e encaminhado à sede do Departamento de Homicídios, suspeito de envolvimento no assassinato de Dyelson Lima, vocalista da banda Patusco.

Osias Higino Tavares, 27 anos, foi ouvido pelo delegado responsável pelo caso, Felipe Monteiro, na sede do DHPP, na noite desta segunda. De acordo com Monteiro, Osias Higino esteve na cena do crime. No entanto, a polícia ainda não sabe se ele está envolvido diretamente na morte do cantor.

Monteiro afirmou que ele confessou ter tentado roubar o som do carro de Dyelson Lima, por isso suas impressões digitais poderiam ter ficado no veículo. Mas o delegado também disse que ainda não tem o laudo do Instituto Tavares Buril para provar que as marcas realmente pertencem a Osias Higino, nem há prazo para o resultado do exame sair.

Mesmo assim, o suspeito foi encaminhado ao Cotel. Ele foi autuado por tráfico e posse de acessórios de arma de uso restrito. Os policiais da Delegacia de Peixinhos, que efetuaram sua prisão, encontraram na casa dele, no bairro de Passarinho, no Recife, drogas e o carregador de uma metralhadora.

Osias Higino Tavares também é investigado por envolvimento em outras três mortes. A missa de sétimo dia de Dyelson Lima foi realizada às 19h desta segunda, na Igreja Santa Terezinha, em Olinda.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

O nosso Blog agradece a sua participação, mas não se responsabiliza por qualquer comentário dos participantes. Todos os comentários serão moderados antes de aparecerem nas postagens. Use o bom senso.

Comente a postagem acima.