Slide # 1

VOLTANDO COM CARGA TOTAL!

O projeto de reativar o blog surgiu a partir da necessidade de noticiar os fatos sem cunho sensacionalista e sem a exposição de ofensas que desmerecem e desrespeitam as pessoas. Mais informações »

Slide # 2

INSTAGRAM E WHATSAPP GANHAM INTERAÇÃO PARA COMPARTILHAR FOTOS

Hoje (24), o Instagram ganhou uma integração com o WhatsApp. Os aplicativos, ambos comprados pelo Facebook, agora vão trabalhar juntos no compartilhamento de fotos... Mais informações »

Slide # 3

PRECISAMOS EVOLUIR, PRECISAMOS PENSAR

O brasileiro (em sua maioria) é um ser que precisa urgentemente de vergonha na cara e aprender a respeitar Leis, limites e ser gente de verdade. Precisa encontrar Deus... Mais informações »

Slide # 4

POR R$ 0,20 CENTAVOS

Dois anos atrás, fizeram dezenas de protestos por causa do aumento de R$ 0,20 centavos na passagem de ônibus (e não adianta dizer que não foi só por isso, pois se... Mais informações »

Slide # 5

SE O TROCO FALTAR, É SEU DIREITO TER ARREDONDAMENTO DO VALOR PARA BAIXO

Se você andar em qualquer tipo de comércio, vai perceber a enorme quantidade de produtos que possuem um “valor fantasioso”, como R$1,99... Mais informações »

quarta-feira, 28 de março de 2012

A britânica Susan Millman, de 47 anos, casada, foi condenada no último dia 26 de março por fazer sexo com um menino de 15 anos na Inglaterra. As investigações apontaram que a mulher já estaria tendo contato com o rapaz pelo Facebook, inclusive realizando shows de strip-tease para ele pela webcam. Susan ficará presa por 18 meses.

O promotor James Byatt revelou que o primeiro contato de Millman com o jovem foi no fim de 2010, pelo Facebook. Ela se apresentou como uma amiga, com quem o menino conversava, especialmente após brigas com a mãe. Só que as conversas mudaram bastante de figura em 2011. De acordo com a polícia, ela passou a ser mais direta, falando de como o rapaz era bonito e com conotação sexual.

Vieram então as cenas picantes e o encontro, que aconteceu de maneira curiosa. O menino fugiu de casa pela janela e pulou no carro de Susan, onde começaram a trocar carícias. Quando foi detida, no entanto, a mulher negou que houve sexo. Segundo ela, “foram apenas uns beijos”. O argumento não convenceu as autoridades, ainda mais após a polícia ter acesso à troca de mensagens nas redes sociais e aos vídeos onde Millman se exibia para o jovem.

A corte de Grimsby declarou que Susan, além de ficar presa por 18 meses, está proibida de trabalhar com crianças pelo resto da vida. Seu nome ainda constará na lista de criminosos sexuais por dez anos.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

O nosso Blog agradece a sua participação, mas não se responsabiliza por qualquer comentário dos participantes. Todos os comentários serão moderados antes de aparecerem nas postagens. Use o bom senso.

Comente a postagem acima.