Slide # 1

VOLTANDO COM CARGA TOTAL!

O projeto de reativar o blog surgiu a partir da necessidade de noticiar os fatos sem cunho sensacionalista e sem a exposição de ofensas que desmerecem e desrespeitam as pessoas. Mais informações »

Slide # 2

INSTAGRAM E WHATSAPP GANHAM INTERAÇÃO PARA COMPARTILHAR FOTOS

Hoje (24), o Instagram ganhou uma integração com o WhatsApp. Os aplicativos, ambos comprados pelo Facebook, agora vão trabalhar juntos no compartilhamento de fotos... Mais informações »

Slide # 3

PRECISAMOS EVOLUIR, PRECISAMOS PENSAR

O brasileiro (em sua maioria) é um ser que precisa urgentemente de vergonha na cara e aprender a respeitar Leis, limites e ser gente de verdade. Precisa encontrar Deus... Mais informações »

Slide # 4

POR R$ 0,20 CENTAVOS

Dois anos atrás, fizeram dezenas de protestos por causa do aumento de R$ 0,20 centavos na passagem de ônibus (e não adianta dizer que não foi só por isso, pois se... Mais informações »

Slide # 5

SE O TROCO FALTAR, É SEU DIREITO TER ARREDONDAMENTO DO VALOR PARA BAIXO

Se você andar em qualquer tipo de comércio, vai perceber a enorme quantidade de produtos que possuem um “valor fantasioso”, como R$1,99... Mais informações »

terça-feira, 20 de março de 2012


O prefeito de Belo Jardim, Marco Coca-Cola (DEM), está sendo acusado de uso da máquina pública para benefício próprio. De acordo com blog A Voz do Povo, a Prefeitura firmou convênio com o Exército para recapear estradas abandonadas na Zona Rural do município e, para a surpresa da população, o maquinário foi usado em um terreno de propriedade particular do prefeito, que é um grande empresário do setor de imóveis. Os moradores se queixam de que Marco só asfalta as ruas em benefício de seus imóveis.

O contrato foi firmado entre a Prefeitura e o capitão Luiz, da 10ª Companhia de Engenharia e Combate, para que as maquinas do exército fossem usadas fazendo estradas na zona rural do município.

Ao ser informado sobre o verdadeiro uso do maquinário, o capitão deu a seguinte declaração: “Firmamos parceria para as nossas máquinas trabalharem na zona rural do município, em nenhum momento nosso contrato falava em sede, elas deveriam estar na zona rural e não no perímetro urbano. Muito menos em terras particulares do senhor prefeito”.

Confira a denúncia no vídeo abaixo:




Fonte: Blog do Magno Martins

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

O nosso Blog agradece a sua participação, mas não se responsabiliza por qualquer comentário dos participantes. Todos os comentários serão moderados antes de aparecerem nas postagens. Use o bom senso.

Comente a postagem acima.