Slide # 1

ATÉ HOJE, OS BELO-JARDINENSES JÁ PAGARAM MAIS DE 6 MI EM IMPOSTOS E A CIDADE ESTÁ AFUNDANDO

Nessa madrugada de 20 de abril, em apenas 110 dias passados do ano, o belo-jardinense já pagou mais de R$ 6 milhões de reais em impostos... Mais informações »

Slide # 2

TV JORNAL FAZ MATÉRIA EM BELO JARDIM, SOBRE A MORTE DA GAROTA MARIA EDUARDA POR NEGLIGÊNCIA DO HOSPITAL , ASSISTA

No último sábado (14), a pequena Maria Eduarda faleceu por negligência do Hospital Júlio Alves de Lira. A garota deu entrada na unidade hospitalar quatro vezes... Mais informações »

Slide # 3

EX-VENDEDOR DE PICOLÉ REALIZA SONHO DE SER POLICIAL MILITAR

Depois da aula de encerramento do Curso de Formação e Habilitação de Praça (CFHP), o soldado Martins, 26 anos, postou em sua rede social uma foto que remetia sua história... Mais informações »

Slide # 4

TRF-4 NEGA RECURSO E MANDA PRENDER JOSÉ DIRCEU

Ex-ministro foi condenado por corrupção passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro... Mais informações »

Slide # 5

A CONDENAÇÃO DE INELEGIBILIDADE DE HÉLIO DOS TERRENOS POR OITO ANOS, FOI DESTAQUE NA MÍDIA ESTADUAL, CONFIRA

A noite de ontem não foi nada bem para o prefeito Hélio dos Terrenos. Depois de amargar na cidade e na internet, a notícia de sua condenação a inelegibilidade... Mais informações »

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Calango foi superior jogando em casa, marcou golaço e não deu espaços para o Timbu







O favoritismo do Náutico diante do Belo Jardim não se confirmou em campo na noite desta Quarta-feira de Cinzas. O Timbu foi até o Agreste e perdeu do Calango por 2 a 0 com gols de Tiago Santos e Alenilson em jogo realizado no estádio Mendonção diante de 5.002 espectadores. O Alvirrubro continua com 22 pontos e deixou escapar a chance de terminar o primeiro turno na co-liderança junto com o Salgueiro, agora sozinho na ponta com 25 pontos.

Além de perder a oportunidade de ficar no topo da tabela, o Náutico viu o Petrolina (agora com 21 pontos) encostar na classificação e ainda por cima pode ser ultrapassado pelo Sport após o fim da rodada, nesta quinta-feira. Se o Timbu não honrou a tradição de sua camisa, melhor para o Belo Jardim. Antes da rodada começar, o Calango tinha 12 pontos e ocupava a sétima colocação na zona intermediária da tabela. Agora, o time tem 15 pontos e começa a enxergar a possibilidade de brigar pelo G-4.

A busca do Náutico pela reabilitação ocorrerá diante do próprio Belo Jardim. Os dois times voltarão a se enfrentar no próximo domingo, às 16h, nos Aflitos. O jogo marcará a abertura do segundo turno do Campeonato Pernambucano.


Belo Jardim marca golaço


O Náutico entrou em campo motivado pela busca da co-liderança do Estadual e aos três minutos mostrou suas credenciais com Eduardo Ramos. O meio-campo invadiu a área, mas chutou sem força para a defesa do goleiro do Belo Jardim. Porém quem quase solta o grito de gol primeiro foi a torcida dos donos da casa quando aos sete minutos, Rogério Manaus e Junior Borracha, em dois lances seguidos, arriscaram da entrada da área e quase surpreendem Gideão, que retornou ao time após se recuperar de uma lesão.

Depois desse lance, o jogo fico equilibrado com as duas equipes se alternando nos bons momentos. Com um esquema 3-5-2 e bem postado em campo, o Belo Jardim, inclusive, chegava a ser ligeiramente melhor que o Náutico sem se importar com a tradição da camisa alvirrubra. Aos 17 minutos, por exemplo, Candinho e Fernadinho perderam duas boas chances para o Calango.

A resposta do Náutico veio um minuto depois. O atacante Siloé foi derrubado e na cobrança o lateral alvirrubro Jefferson assustou o goleiro Delone. Aos 23 minutos, no entanto, o Belo Jardim abriu o placar em uma bela jogada de Tiago Santos. O jogador invadiu a área, driblou a zagueiro Gustavo, se livrou do goleiro Gideão duas vezes e fez um dos mais belos gols deste Campeonato Pernambucano.

Apesar de estar atrás no placar, o Náutico não se entregou e foi para cima. Aos 25 minutos, o TImbu quase empatou com Souza. No rebote do goleiro Delone, Derley ainda teve a chance de empurrar a bola para as redes, mas desperdiçou o lance. Os visitantes só voltariam a chegar com perigo novamente aos 35 minutos com Souza novamente em outra cobrança de falta que obrigou o camisa 1 do Belo Jardim a mostrar eficiência outra vez.

Antes do fim primeiro tempo, o Náutico ainda teve a chance de empatar com Berger, aos 38 minutos, e Souza, aos 39. O Belo Jardim soube se segurar e saiu em vantagem no primeiro tempo.

Vitória garantida aos nove minutos

No segundo tempo, o Náutico voltou com mudanças no time com as saídas de Gustavo e Berger para a entrada de Dorielton e Marquinho respectivamente. A alteração de jogadores, no entanto, não alterou a postura do Timbu na partida. Quem também veio da mesma forma, com sede de jogo, goi o Belo Jardim. E aos nove minutos o Calango foi premiado por sua aplicação tática em campo. Em uma bola alçada na área, Alenilson mandou a bola para o fundo das redes.

Com a derrota por 2 a 0, o técnico Waldemar Lemos foi para o tudo ou nada e trocou o lateral Jefferson por Philip, numa tentativa de dar mais mobilidade ao setor ofensivo. A terceira substituição também não surtiu efeito e o Náutico seguiu desorganizado em campo, ao contrário dos donos da casa. O Belo Jardim tocava a bola com tranquilidade e se, por um lado, deixava de arriscar, por outro, também não dava espaços para a equipe alvirrubra.

Em uma prova de que a noite não era mesmo do Náutico, nem as bolas paradas, que vinham sendo bem aproveitadas pelo Timbu com Souza, surtiram efeito. A partida seguiu até os 49 minutos e terminou mesmo 2 a 0 para o Belo Jardim. Aos torcedores do Alvirrubro, restou a resignação de que, após os festejos de Momo, esta foi de fato uma "quarta-feira ingrata" como diz a música de carnaval.

Fonte: Globo Esporte PE

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

O nosso Blog agradece a sua participação, mas não se responsabiliza por qualquer comentário dos participantes. Todos os comentários serão moderados antes de aparecerem nas postagens. Use o bom senso.

Comente a postagem acima.