Slide # 1

VALDEMIR CINTRA LEVA O PROJETO POESIA NAS ESCOLAS A SÃO BENTO DO UNA

O Projeto Poesia nas Escolas, terá sua edição, no Colégio de Referência José do Patrocínio Mota, na cidade de São Bento do Una, nesta sexta feira, dia 18 de maio... Mais informações »

Slide # 2

ESTUPRADOR DE BELO JARDIM É IDENTIFICADO E CONSIDERADO FORAGIDO PELA POLÍCIA

A Polícia Civil de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, divulgou a identidade do suspeito de estuprar duas jovens dentro do banheiro de um bar no município... Mais informações »

Slide # 3

EX-DIRETOR DE OBRAS ENVIA TEXTO CITANDO E COBRANDO RESPOSTAS DE HÉLIO DOS TERRENOS SOBRE AS OBRAS PARADAS EM BELO JARDIM

O ex-diretor de Obras da prefeitura de Belo Jardim, Ubirajara Carvalho (Bira), enviou para o blog, uma carta dirigida ao prefeito, Hélio dos Terrenos, onde cita... Mais informações »

Slide # 4

MUNICÍPIO DE BELO JARDIM PAGARÁ MULTA QUASE MILIONÁRIA EM RAZÃO DA INCOMPETÊNCIA DO PREFEITO HÉLIO DOS TERRENOS

Belo Jardim está desgovernado. A prefeitura de Belo Jardim deixará de investir até meio milhão de reais do dinheiro de nossos impostos, que seriam destinados...... Mais informações »

Slide # 5

JOÃO MENDONÇA FALA SOBRE O BOATO DE QUE ELE IRIA SE UNIR A HÉLIO DOS TERRENOS, LEIA

Diante dos últimos acontecimentos com o rompimento da aliança Cintra Galvão/Hélio dos Terrenos, e as demissões dos indicados pelo grupo Galvão... Mais informações »

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012


O Tribunal de Contas do Estado (TCE/PE) julgou irregular o relatório de Gestão Fiscal da Prefeitura de Belo Jardim, referente ao 1º quadrimestre de 2011. O prefeito Marco Antônio da Silva (DEM) terá que pagar uma multa no valor de 14.400,00 por ter descumprido a Lei de Responsabilidade Fiscal.
De acordo com a Segunda Câmara do TCE, que julgou as contas de Marco Antônio, o gestor vem deixando de ordenar ou de promover a redução das despesas com a folha de pagamento, desde o 3º quadrimestre de 2009.
O relator do processo, João Campos, entendeu que o prefeito “perdeu o controle de suas finanças, uma vez que manteve a despesa com pessoal bem acima do limite legal”. Marcos Antônio chegou a comprometer 65,87% da receita corrente líquida no final do primeiro quadrimestre de 2011, segundo a relatoria. O limite máximo de gastos com pessoal definido pela LRF é de 54%.

Defesa

Em sua defesa, o prefeito alegou que afastou 1.300 servidores do quadro de pessoal como forma de conter os gastos. Também informou que mandou fazer um estudo sobre a situação fiscal do município, no intuito de estabelecer um planejamento. Mas alega que teve que fazer novas contratações para as áreas de Saúde e Educação, as quais tornaram a impactar o volume dos gastos com pessoal, em dezembro de 2010.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

O nosso Blog agradece a sua participação, mas não se responsabiliza por qualquer comentário dos participantes. Todos os comentários serão moderados antes de aparecerem nas postagens. Use o bom senso.

Comente a postagem acima.