Slide # 1

VALDEMIR CINTRA LEVA O PROJETO POESIA NAS ESCOLAS A SÃO BENTO DO UNA

O Projeto Poesia nas Escolas, terá sua edição, no Colégio de Referência José do Patrocínio Mota, na cidade de São Bento do Una, nesta sexta feira, dia 18 de maio... Mais informações »

Slide # 2

ESTUPRADOR DE BELO JARDIM É IDENTIFICADO E CONSIDERADO FORAGIDO PELA POLÍCIA

A Polícia Civil de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, divulgou a identidade do suspeito de estuprar duas jovens dentro do banheiro de um bar no município... Mais informações »

Slide # 3

EX-DIRETOR DE OBRAS ENVIA TEXTO CITANDO E COBRANDO RESPOSTAS DE HÉLIO DOS TERRENOS SOBRE AS OBRAS PARADAS EM BELO JARDIM

O ex-diretor de Obras da prefeitura de Belo Jardim, Ubirajara Carvalho (Bira), enviou para o blog, uma carta dirigida ao prefeito, Hélio dos Terrenos, onde cita... Mais informações »

Slide # 4

MUNICÍPIO DE BELO JARDIM PAGARÁ MULTA QUASE MILIONÁRIA EM RAZÃO DA INCOMPETÊNCIA DO PREFEITO HÉLIO DOS TERRENOS

Belo Jardim está desgovernado. A prefeitura de Belo Jardim deixará de investir até meio milhão de reais do dinheiro de nossos impostos, que seriam destinados...... Mais informações »

Slide # 5

JOÃO MENDONÇA FALA SOBRE O BOATO DE QUE ELE IRIA SE UNIR A HÉLIO DOS TERRENOS, LEIA

Diante dos últimos acontecimentos com o rompimento da aliança Cintra Galvão/Hélio dos Terrenos, e as demissões dos indicados pelo grupo Galvão... Mais informações »

sexta-feira, 19 de agosto de 2011



O homem teria baixado um filme erótico ilegalmente, apesar da incapacidade de assistir ao vídeo.

A luta contra a pirataria é um dos ideais da indústria pornográfica – mas nem sempre as acusações atingem exatamente o autor dos crimes virtuais. O azarado da vez foi um morador de Seattle, nos Estados Unidos, que está sendo processado por download ilegal pela Imperial Enterprises, uma empresa que produz filmes eróticos.

O problema é que homem, que pediu para não ter seu nome divulgado, é praticamente cego: possui apenas um centésimo da visão e não é capaz de assistir a filmes de qualquer tipo. Em entrevista ao Seattle Weekly, a esposa e os dois filhos do casal, de quatro e seis anos, também negaram que qualquer pessoa daquela casa possa ter baixado o longa – muito menos o acusado.

O homem teve o endereço rastreado pelo IP, após utilizar um programa que baixa arquivos por torrent. Caso o argumento dele seja aceito, as suspeitas devem recair sobre o recém-instalado Wi-Fi do acusado, que pode ter sido invadido por vizinhos.

Se for condenado, o deficiente visual terá que pagar US$ 150 mil para a Imperial Enterprises por quebra de direitos autorais. Além desse caso, estão em andamento mais de 3 mil processos relativos ao download ilegal de dois filmes da mesma companhia.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

O nosso Blog agradece a sua participação, mas não se responsabiliza por qualquer comentário dos participantes. Todos os comentários serão moderados antes de aparecerem nas postagens. Use o bom senso.

Comente a postagem acima.