Slide # 1

VOLTANDO COM CARGA TOTAL!

O projeto de reativar o blog surgiu a partir da necessidade de noticiar os fatos sem cunho sensacionalista e sem a exposição de ofensas que desmerecem e desrespeitam as pessoas. Mais informações »

Slide # 2

INSTAGRAM E WHATSAPP GANHAM INTERAÇÃO PARA COMPARTILHAR FOTOS

Hoje (24), o Instagram ganhou uma integração com o WhatsApp. Os aplicativos, ambos comprados pelo Facebook, agora vão trabalhar juntos no compartilhamento de fotos... Mais informações »

Slide # 3

PRECISAMOS EVOLUIR, PRECISAMOS PENSAR

O brasileiro (em sua maioria) é um ser que precisa urgentemente de vergonha na cara e aprender a respeitar Leis, limites e ser gente de verdade. Precisa encontrar Deus... Mais informações »

Slide # 4

POR R$ 0,20 CENTAVOS

Dois anos atrás, fizeram dezenas de protestos por causa do aumento de R$ 0,20 centavos na passagem de ônibus (e não adianta dizer que não foi só por isso, pois se... Mais informações »

Slide # 5

SE O TROCO FALTAR, É SEU DIREITO TER ARREDONDAMENTO DO VALOR PARA BAIXO

Se você andar em qualquer tipo de comércio, vai perceber a enorme quantidade de produtos que possuem um “valor fantasioso”, como R$1,99... Mais informações »

terça-feira, 5 de julho de 2011

O grupo anunciou no domingo através de sua conta no Twitter que a Apple pode ser um alvo para hackers e divulgou dados como parte de sua campanha antisegurança na Internet batizada de "AntiSec".


(Fonte da imagem: J. Nerdtrack)


Um grupo de hackers chamado Anonymous reivindicou ter invadido um servidor da Apple e publicado um pequeno número de nomes de usuários e senhas que dão acesso a um dos sites da empresa de tecnologia.

O grupo anunciou no domingo através de sua conta no microblog Twitter que a Apple pode ser um alvo para hackers e divulgou dados como parte de sua campanha antisegurança na Internet batizada de "AntiSec".

"A Apple pode ser alvo (de invasão) também. Mas não se preocupe, estamos ocupados em outro lugar", disse o Anonymous em seu Twitter, onde postou um link sobre os dados hackeados no site de compartilhamento de texto Pastebin.

O grupo disse que os dados incluem 27 nomes de usuários e senhas para o site usado pela Apple para realizar pesquisas online.

Um porta-voz da Apple não quis comentar o assunto.

O Anonymous juntou-se ao grupo de hackers Lulz Security no fim de junho. O LulzSec, que ficou conhecido após invadir os sites da Sony, da CIA e da polícia britânica, entre outros, disse ter completado sua missão de interromper operações online de empresas e governos apenas por entretenimento.

Fonte: Tecmundo

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

O nosso Blog agradece a sua participação, mas não se responsabiliza por qualquer comentário dos participantes. Todos os comentários serão moderados antes de aparecerem nas postagens. Use o bom senso.

Comente a postagem acima.