Slide # 1

VALDEMIR CINTRA LEVA O PROJETO POESIA NAS ESCOLAS A SÃO BENTO DO UNA

O Projeto Poesia nas Escolas, terá sua edição, no Colégio de Referência José do Patrocínio Mota, na cidade de São Bento do Una, nesta sexta feira, dia 18 de maio... Mais informações »

Slide # 2

ESTUPRADOR DE BELO JARDIM É IDENTIFICADO E CONSIDERADO FORAGIDO PELA POLÍCIA

A Polícia Civil de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, divulgou a identidade do suspeito de estuprar duas jovens dentro do banheiro de um bar no município... Mais informações »

Slide # 3

EX-DIRETOR DE OBRAS ENVIA TEXTO CITANDO E COBRANDO RESPOSTAS DE HÉLIO DOS TERRENOS SOBRE AS OBRAS PARADAS EM BELO JARDIM

O ex-diretor de Obras da prefeitura de Belo Jardim, Ubirajara Carvalho (Bira), enviou para o blog, uma carta dirigida ao prefeito, Hélio dos Terrenos, onde cita... Mais informações »

Slide # 4

MUNICÍPIO DE BELO JARDIM PAGARÁ MULTA QUASE MILIONÁRIA EM RAZÃO DA INCOMPETÊNCIA DO PREFEITO HÉLIO DOS TERRENOS

Belo Jardim está desgovernado. A prefeitura de Belo Jardim deixará de investir até meio milhão de reais do dinheiro de nossos impostos, que seriam destinados...... Mais informações »

Slide # 5

JOÃO MENDONÇA FALA SOBRE O BOATO DE QUE ELE IRIA SE UNIR A HÉLIO DOS TERRENOS, LEIA

Diante dos últimos acontecimentos com o rompimento da aliança Cintra Galvão/Hélio dos Terrenos, e as demissões dos indicados pelo grupo Galvão... Mais informações »

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Equipamento utilizado em telescópio surpreende pela alta resolução das imagens e pelo grande campo de visão.

(Fonte da imagem: European Southern Observatory)

Com peso de 770 quilos e resolução de 268 megapixels, a OmegaCAM é a maior câmera do mundo que o objetivo único de tirar fotos do céu noturno. Desenvolvida por cientistas da Alemanha, Itália e Holanda, o equipamento é resultado de uma iniciativa do European Southern Observatory (ESO) e equipa um telescópio com campo de visão capaz de capturar totalmente duas Luas cheias postas lado a lado.

Para atingir a resolução de 268 megapixels, foram utilizados 32 sensores CD. Ao todo, o dispositivo capta anualmente mais de 30 terabytes de dados na forma de imagens, que são processadas em diversos centros de pesquisa. A primeira imagem capturada pelo dispositivo foi da região formada de estrelas Messier 17, também conhecida como Nebulosa Ômega.

Segundo a ESO, o campo de visão do telescópio é tão grande que foi capaz de capturar toda a nebulosa, incluindo suas partes mais distantes. O resultado impressiona pela qualidade, mostrando todas as estrelas capturadas em alta resolução. A segunda imagem capturada pela OmegaCAM foi o aglomerado Ômega Centauro, que reúne cerca de 300 mil estrelas.

Fonte: Tecmundo

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

O nosso Blog agradece a sua participação, mas não se responsabiliza por qualquer comentário dos participantes. Todos os comentários serão moderados antes de aparecerem nas postagens. Use o bom senso.

Comente a postagem acima.