Slide # 1

VALDEMIR CINTRA LEVA O PROJETO POESIA NAS ESCOLAS A SÃO BENTO DO UNA

O Projeto Poesia nas Escolas, terá sua edição, no Colégio de Referência José do Patrocínio Mota, na cidade de São Bento do Una, nesta sexta feira, dia 18 de maio... Mais informações »

Slide # 2

ESTUPRADOR DE BELO JARDIM É IDENTIFICADO E CONSIDERADO FORAGIDO PELA POLÍCIA

A Polícia Civil de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, divulgou a identidade do suspeito de estuprar duas jovens dentro do banheiro de um bar no município... Mais informações »

Slide # 3

EX-DIRETOR DE OBRAS ENVIA TEXTO CITANDO E COBRANDO RESPOSTAS DE HÉLIO DOS TERRENOS SOBRE AS OBRAS PARADAS EM BELO JARDIM

O ex-diretor de Obras da prefeitura de Belo Jardim, Ubirajara Carvalho (Bira), enviou para o blog, uma carta dirigida ao prefeito, Hélio dos Terrenos, onde cita... Mais informações »

Slide # 4

MUNICÍPIO DE BELO JARDIM PAGARÁ MULTA QUASE MILIONÁRIA EM RAZÃO DA INCOMPETÊNCIA DO PREFEITO HÉLIO DOS TERRENOS

Belo Jardim está desgovernado. A prefeitura de Belo Jardim deixará de investir até meio milhão de reais do dinheiro de nossos impostos, que seriam destinados...... Mais informações »

Slide # 5

JOÃO MENDONÇA FALA SOBRE O BOATO DE QUE ELE IRIA SE UNIR A HÉLIO DOS TERRENOS, LEIA

Diante dos últimos acontecimentos com o rompimento da aliança Cintra Galvão/Hélio dos Terrenos, e as demissões dos indicados pelo grupo Galvão... Mais informações »

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Com grande atuação do goleiro, Tricolor quebra o recorde de triunfos nos pontos corridos e dispara na primeira posição. Vozão se afunda na crise.


A molecada do São Paulo fez história no Campeonato Brasileiro neste domingo. Com sete desfalques por problemas físicos e oito jogadores vindos das categorias de base, o Tricolor superou a pressão de atuar no estádio Presidente Vargas e venceu o Ceará por 2 a 0, em Fortaleza, mantendo 100% de aproveitamento e ampliando sua vantagem na liderança. Assista aos melhores momentos no vídeo ao lado.

Principal joia da nova geração do clube, Lucas fechou o placar com um golaço driblando até o goleiro Fernando Henrique. Marlos fez o outro. Destaque também para Rogério Ceni por defender um pênalti ainda no primeiro tempo e realizar defesas milagrosas na etapa final.

O triunfo no Nordeste não só confirma a reação do São Paulo após o fracasso na Copa do Brasil como dá ao clube um feito inédito. Desde 2003, quando o sistema de pontos corridos foi adotado, nenhuma equipe havia obtido cinco vitórias consecutivas nas cinco primeiras rodadas. Com o ótimo início no torneio, o Tricolor dispara na ponta da classificação, agora com 15 pontos, quatro a mais que o Palmeiras, vice-líder. Na próxima rodada, os são-paulinos terão o clássico contra o Corinthians, domingo, às 16h, no Pacaembu.

Lucas, aliás, vai desfalcar a equipe diante do rival paulista. O jogador se apresentará ainda nesta semana à Seleção Brasileira para disputar a Copa América, na Argentina. O Tricolor perderá também, a partir de 7 de julho, Bruno Uvini, Casemiro, Henrique e Willian José, chamados para o Mundial Sub-20.

Já o Ceará entra em desespero com a má campanha. O Vozão, goleado pelo Atlético-GO na rodada anterior, segue sem vencer em casa, estaciona nos quatro pontos e começa a flertar com a zona do rebaixamento. O técnico Vágner Mancini, muito criticado pela torcida, pode perder o emprego nos próximos dias. Na próxima rodada, os cearenses receberão o Palmeiras no PV, domingo, às 16h.

Rogério pula certeiro e defende o pênalti cobrado por Osvaldo (Foto: Agência Estado)

Rogério Ceni pega pênalti, e Marlos marca

A necessidade de se recuperar no Campeonato Brasileiro fez o Ceará transformar o estádio Presidente Vargas em um caldeirão. A torcida compareceu em peso, e o técnico Mancini lançou o time ao ataque. Apostando na velocidade, o Vozão optou por uma marcação pressão nos primeiros minutos e confundiu a saída de bola do São Paulo.

Casemiro e Lucas, encarregados de levar o Tricolor ao campo de ataque, erraram bastante e praticamente não acionaram Henrique e Marlos. Os laterais Jean e Juan também esbarraram na boa marcação adversária e ficaram presos na defesa. Melhor para os cearenses, que criaram (mas perderam) boas chances de marcar com Iarley, lento para finalizar, e Osvaldo, parado por boa defesa de Rogério Ceni.

A partir doa 15 minutos, a pressão diminuiu e o São Paulo conseguiu tocar a bola com mais tranquilidade. Casemiro só não fez de cabeça por causa de grande defesa de Fernando Henrique. No contra-ataque, Xandão cometeu um pênalti infantil em Osvaldo. Do banco de reservas, Mancini determinou que Iarley batesse. Osvaldo, porém, pegou a bola, cobrou e Rogério Ceni espalmou no canto direito, salvando o Tricolor de sofrer o seu segundo gol no Brasileirão.

O erro acabou com a empolgação do Ceará e deu mais calma ao São Paulo, principalmente para organizar o meio-campo e procurar o ataque. Destaque na vitória sobre o Grêmio, Marlos acordou e colocou o Tricolor em vantagem, aos 35 minutos. Em boa jogada pela esquerda, ele passou por um marcador, invadiu a área e tocou rasteiro no canto direito de Fernando Henrique.

O volante tricolor Wellington cerca o atacante Osvaldo no jogo em Fortaleza (Foto: Futura Press)

Lucas faz golaço e garante a vitória

Como ocorreu no primeiro tempo, o Ceará apostou na pressão para tentar empatar. A igualdade só não veio aos quatro minutos por um milagre. Livre na área, Iarley chutou e a bola explodiu na zaga quase em cima da linha. No rebote, Thiago Humberto mandou outra bomba que novamente acertou a defesa.

Paulo César Carpegiani tratou de reforçar ainda mais o sistema defensivo do São Paulo com a mesma estratégia que usou na vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-MG. O treinador sacou Marlos para a entrada do zagueiro Bruno Uvini e liberou Juan para atuar mais próximo da armação. Mesmo assim, o Ceará continuou melhor, mas parou em Rogério Ceni, que fez duas lindas defesas em chutes do veloz Osvaldo.

A tática do contra-ataque deu certo para o São Paulo. Aos 21, o Tricolor pegou a defesa do Ceará aberta e ampliou o placar com um golaço de Lucas. Ele recebeu na entrada da área, passou por um marcador, pelo goleiro Fernando Henrique e tocou para a meta vazia.

Aproveitando o desânimo cearense, os paulistas estiveram próximos de fazer o terceiro, com Jean acertando a trave em cobrança de falta ensaiada. No desespero, O Vozão ainda tentou reagir nos minutos finais, mas Rogério Ceni e a trave, em cabeçada de Washington, garantiram o São Paulo ainda mais líder do Brasileirão.


 
CEARÁ 0 X 2 SÃO PAULO
Fernando Henrique, Diego Macedo (Sinho), Erivélton, Diego Sacoman e Vicente; Heleno, João Marcos, Eusébio (Washington) e Thiago Humberto; Osvaldo e Iarley (Diguinho). Rogério Ceni, Jean, Xandão, Luiz Eduardo e Juan; Rodrigo Souto, Wellington, Casemiro (Carlinhos Paraíba) e Lucas; Henrique (Rivaldo) e Marlos (Bruno Uvini).
Técnico: Vágner Mancini. Técnico: Paulo César Carpegiani
Gols: Marlos, aos 35 minutos do primeiro tempo. Lucas, aos 21 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: João Marcos (Ceará); Juan, Rodrigo Souto, Bruno Uvini (São Paulo)
Data: 19/06/201. Local: Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza-CE. Árbitro: Edivaldo Elias da Silva-PR. Auxiliares: Roberto Braatz-PR e por Márcia Lopes Cateano-RO.

Fonte: Globo Esporte

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

O nosso Blog agradece a sua participação, mas não se responsabiliza por qualquer comentário dos participantes. Todos os comentários serão moderados antes de aparecerem nas postagens. Use o bom senso.

Comente a postagem acima.