Slide # 1

VOLTANDO COM CARGA TOTAL!

O projeto de reativar o blog surgiu a partir da necessidade de noticiar os fatos sem cunho sensacionalista e sem a exposição de ofensas que desmerecem e desrespeitam as pessoas. Mais informações »

Slide # 2

INSTAGRAM E WHATSAPP GANHAM INTERAÇÃO PARA COMPARTILHAR FOTOS

Hoje (24), o Instagram ganhou uma integração com o WhatsApp. Os aplicativos, ambos comprados pelo Facebook, agora vão trabalhar juntos no compartilhamento de fotos... Mais informações »

Slide # 3

PRECISAMOS EVOLUIR, PRECISAMOS PENSAR

O brasileiro (em sua maioria) é um ser que precisa urgentemente de vergonha na cara e aprender a respeitar Leis, limites e ser gente de verdade. Precisa encontrar Deus... Mais informações »

Slide # 4

POR R$ 0,20 CENTAVOS

Dois anos atrás, fizeram dezenas de protestos por causa do aumento de R$ 0,20 centavos na passagem de ônibus (e não adianta dizer que não foi só por isso, pois se... Mais informações »

Slide # 5

SE O TROCO FALTAR, É SEU DIREITO TER ARREDONDAMENTO DO VALOR PARA BAIXO

Se você andar em qualquer tipo de comércio, vai perceber a enorme quantidade de produtos que possuem um “valor fantasioso”, como R$1,99... Mais informações »

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Conheça agora a Orfeão de Cordas Nivaldo Jatobá




Um grupo de crianças da cidade de Belo Jardim, no Agreste pernambucano, a 187 quilômetros do Recife, ela costumava estudar música ao ar livre, num local chamado Praça dos Eucaliptos. Chovesse ou fizesse sol, eles estavam sempre lá, ensaiando e aprendendo a linguagem musical por meio das cifras. Hoje, a garota de 15 anos toca violão e guitarra no grupo musical Orfeão de Cordas Nivaldo Jatobá, que possui nove integrantes, sob a regência do professor e maestro Dorisvaldo Dantas Paulino. O grupo é a próxima atração do projeto Vitrine, direcionado aos leitores do Diario de Pernambuco e marcado para o próximo dia 28, no Auditório dos Diários Associados, em Santo Amaro.




Grupo se dedica às composições populares e promove pequenas performances enquanto toca. A primeira aluna deste bem-sucedido projeto de educação musical, Allana Faustino, mostrará junto com o Orfeão de Cordas um legado popular e inusitado. "Nosso repertório é eclético. Os pontos fortes são o arrastão de forró e o pout-pourri de frevo", conta a radialista Damiana Alves Barbosa, 47 anos, coordenadora do grupo musical, que também desempenha o papel de assessora de imprensa.






Segundo ela, o projeto - que hoje possui uma sede na comunidade de Santo Antônio, em Belo Jardim - ficou ameaçado de fechar as portas. Recentemente, no entanto, foi amparado pela Fundação Belo Jardim, que reformou a casa onde fica a sede (serviços de pintura e gesso), além de contratar Dorisvaldo Paulino como regente, pois o grupo estava sem maestro. As aulas são gratuitas e acontecem de segunda a sexta-feira, nos três turnos. Atualmente, a escola possui 60 alunos, mas já chegou a ter uma centena. "Também foram doados instrumentos, pois a escola havia sido roubada. Levaram nossa bateria e o som", explica Damiana Barbosa.

O nome do grupo, detalha ela, foi escolhido em homenagem a Nivaldo Jatobá, seresteiro belo-jardinense famoso e já falecido. Nivaldo era tio de Vilma Jatobá, presidente da Fundação Belo Jardim. E Orfeão quer dizer coletivo.

A apresentação no Recife tem uma hora de duração e inclui músicas conhecidas na voz de Luiz Gonzaga (como Asa Branca e Feira de Caruaru) ou de nomes da MPB, como Geraldo Azevedo (Saudade d'ocê). "Eles sabem tocar muito, mas só agora estou ensinando a teoria musical e a leitura de partituras. Antes, eles só liam cifras. É uma fase de lapidação de talentos", admite o maestro, que está à frente do Orfeão de Cordas há um mês e meio.


Uma curiosidade são os números inusitados, pois em uma das músicas eles tocam formando uma corrente, com os seus violonistas com as mãos entrelaçadas. Allana Faustino, a primeira a chegar ao grupo, se destacou tanto que chega a tocar três violões ao mesmo tempo, inclusive com a ajuda dos pés.

Reações:

1 comentários:

O nosso Blog agradece a sua participação, mas não se responsabiliza por qualquer comentário dos participantes. Todos os comentários serão moderados antes de aparecerem nas postagens. Use o bom senso.

Comente a postagem acima.